Skip navigation

Xícara e píres: para fixar o desenho na peça é preciso uma segunda queima a fogo brando
Foto: Divulgação – Xícara e píres: para fixar o desenho na peça é preciso uma segunda queima a fogo brando

 

Seguindo nosso “tour” de produção artesanal pelo Brasil, agora vamos conhecer um pouco de Poxica, pequeno povoado no município de Itabaianinha – batizado pelo poeta sergipano João Pereira Barreto como a “Princesa das Montanhas” por sua localização entre cadeias de montes.

Localizada no Centro-Sul do estado de Sergipe, a quase 120 km da capital Aracaju, Poxica é uma das mais importantes regiões brasileiras na produção artesanal popular e na comercialização de louças de barro. Conhecidas como “louças morenas” são confeccionadas exclusivamente por mulheres, em dispersas oficinas instaladas nas próprias residências.

Iniciar slideshow

A melhor forma de conhecer, apreciar e até comprar algumas destas peças para testar em nossas experiências culinárias é visitar as oficinas e bater um papo gostoso com as artesãs. Mas também podemos encontrar as peças no Museu de Folclore Edison Carneiro, no Rio de Janeiro, ou, até 18 de fevereiro, na mostra “Louças Morenas” no A CASA – Museu do Objeto Brasileiro, na cidade de São Paulo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: