Skip navigation

Quando tinha seis anos, lembro de meu pai fazendo um criado-mudo para mim. Foi um acontecimento. Quase quatro décadas depois fiz o mesmo com meu filho, que começou a trazer lição de casa e necessita de um espaço específico para isso.

Durante dois meses pensamos juntos como seria o móvel, fiz alguns desenhos, avaliamos e finalmente, com a ajuda de um serralheiro e um marceneiro do bairro produzimos uma mesa com alguns bolsos, uma cadeira e uma estante.

Todo o processo de entender o que é necessário para uma criança de sete anos foi muito interessante e divertido.

Sei que escolhemos o caminho mais longo para obter os móveis e que, seguramente, em pouco tempo, ele vai querer um tablet ou outros aparelhos eletrônicos mais sofisticados. Mas a experiência já bastou, com Tomas acompanhando os diferentes passos da confecção.

A ideia produzir seus próprios objetos de uso é uma tendência internacional, sintonizada com o estilo de vida contemporâneo e engajado com as questões ambientais e sociais. Além disso, ajuda a reduzir o consumismo exagerado, criando, ainda, um envolvimento pessoal com as criações.

Matéria completa

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: