Skip navigation

Tag Archives: artesanato

newsletter_paralela_adp_dw_01-01 (1)

15:00 h – Artesanato e design, dialogo rentável á todos

artesãos – designers – lojistas

A Paralela Gift se consagrou como o evento mais importante em inovação no mercado de design e decoração.

A excelência no atendimento aos lojistas tem sido a marca da Paralela. É mais conforto para suas compras!!!

local: Fundação Bienal de São Paulo
Parque do Ibirapuera – Portão 3
Avenida Pedro Álvares Cabral
São Paulo, SP

Anúncios

Projeto Oficina Nômade lança Manual de Referências para artesãos de Novo Horizonte e região

Documento contém resultado de pesquisa de ícones e imagens que remetem à história e à cultura do município

No dia 9 de maio, às 10h, o projeto Oficina Nômade, patrocinado pela Usina Santa Isabel com apoio do Proac, irá lançar o Manual de Referências para os alunos das oficinas, artesãos e artistas de Novo Horizonte e região. O lançamento será realizado o Centro Cultural de Novo Horizonte, parceiro da ação, e terá um café da manhã de confraternização com a presença dos designers Christian Ullmann, coordenador do projeto, e Silvio França, responsável pelas oficinas de serigrafia e estêncil. A iniciativa tem apoio da Prefeitura de Novo Horizonte e produção executiva da Origem Produções.

silk-1-800x407silk-2-800x407

O documento que será apresentado contém o resultado da Oficina de Referências Locais e Identidade Cultural realizada no município com a participação de jovens, artesãos e artistas do projeto e sugestões de referências iconográficas sobre a história e valores culturais de Novo Horizonte. “Desde o início das oficinas em 2014, estamos realizando entrevistas com moradores, pesquisas a arquivos históricos e visitas a locais representativos. A partir desses elementos, identificamos alguns ícones, imagens e paleta de cores e desenvolvemos esse caderno, que funciona como um manual de referências visuais para os artesãos”, explica a designer Tânia de Paula, consultora do projeto.

bag-3-800x407

A proposta dos designers é despertar o olhar dos artesãos para uma produção diferenciada, que tenha a cara e o tom da cidade, sem se esquecer da técnica, estética e funcionalidade. “Um trabalho artesanal que traga a história de um município ou região é atrativo para turistas e moradores, por isso esse conhecimento gerado no Oficina Nômade contribui para a preservação da cultural local, geração de renda e turismo”, afirma Ullmann. Segundo ele, o legado deixado pelas oficinas na vida dos artesãos ultrapassa o caráter técnico e avança pela imagem que ele tem de si próprio, da cidade e região onde está inserido. Os valores locais são ressaltados para estimular os sentidos para outras realidades, para que assim, consigam entender, traduzir e transformar aqueles objetos do cotidiano, na forma de um produto artesanal.

bag-2-800x407

No caderno de referências, é possível notar que tudo pode ser fonte de inspiração: as pessoas, os costumes, as ruas, a arquitetura, o clima, a comida, a vocação econômica, entre tantos outros elementos. Muitas imagens foram criadas ou identificadas pelos próprios alunos durante as oficinas gratuitas realizadas ao longo do ano e irão estampar as linhas de produtos que serão lançadas em julho.

Desafio

Com o caderno de referências em mãos, artesãos e aprendizes serão desafiados e desenvolverem novos produtos com a utilização dessas referências e das técnicas e matérias primas apresentadas durante as aulas, como o bagaço da cana-de-açúcar, cerâmica, e serigrafia e estêncil. Nos dias 29 e 30 de maio, os designers voltam a Novo Horizonte para conhecerem o resultado da nova produção dos artesãos e aprendizes. “Agora é a hora da experimentação, de testar a união das técnicas, considerar as referências do manual e finalizar em forma de produto todos os ensinamentos das oficinas feitas no ano passado”, diz Andressa Sirino, da Origem Produções, que assina a produção executiva do Oficina Nômade.

Mesmo os artesãos de Novo Horizonte que não frequentaram as aulas estão convidados a conhecer o Manual de Referências e se juntar ao grupo que vai desenvolver uma linha de produtos para a comercialização no Centro Cultural e na Casa do Artesão.

bag-1-800x407

Lançamento da nova linha de produtos

Em julho, o projeto se encerra com uma exposição das linhas de produtos do Oficina Nômade, além dos lançamentos do catálogo e do site.

O projeto Oficina Nômade completa 15 anos e percorreu cidades nacionais e internacionais com o objetivo de estimular a criação de novos produtos artesanais, além de promover a geração de renda e o desenvolvimento social em cada região. Esta é a segunda edição no interior de São Paulo e tem patrocínio da Usina Santa Isabel, por meio do Proac, apoio do Centro Cultural Gino de Biasi Filho e Prefeitura de Novo Horizonte e gestão da Origem Produções.

Serviço:

OFICINA NÔMADE – Lançamento Manual de Referências

Café da manhã para artesãos e aprendizes

Dia: 9 de maio de 2015

Hora: 10h às 12h

Local: Centro Cultural de Novo Horizonte – rua Carvalho Leme, 534

Mais informações: contato@origemproducoes.com.br / 16 3623-8012

http://centroculturalnh.com.br/ www.origemproducoes.com.br

Edital promoverá exposição e venda de artesanato brasileiro durante a Copa

Projeto Vitrines Culturais apresentará para o mundo a rica diversidade do artesanato dos 27 estados do país

vitrines-culturais

O Ministério da Cultura e a Secretaria da Micro e Pequena Empresa da Presidência da República lançam, nesta sexta-feira (21), edital para seleção de peças artesanais para o projeto Vitrines Culturais.

As Vitrines Culturais promoverão, entre 12 de junho e 13 de julho de 2014, exposições e comercialização de artesanatos de alta qualidade de todos os estados do Brasil.

As exposições acontecerão nas Fifa Fan Fest e espaços culturais das cidades-sede dos jogos, com ênfase em Manaus, Recife, Salvador, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, São Paulo e Porto Alegre.

O edital fica aberto até 6 de abril e selecionará aproximadamente 60.000 peças artesanais, de valor simbólico e estético, que expressem valores culturais brasileiros.

Podem participar artesãos brasileiros de qualquer parte do país, de forma individual ou por meio de grupos produtivos, núcleos, associações ou cooperativas de artesãos.

A exigência é que os candidatos estejam cadastrados no Sistema de Informações Cadastrais do Artesanato Brasileiro (Sicab), coordenado pelo Programa do Artesanato Brasileiro (PAB).

O projeto Vitrines Culturais é coordenado pela Secretaria da Economia Criativa do Ministério da Cultura, em parceria com a Secretaria da Micro e Pequena Empresa, vinculada à Presidência da República.

Também participam do projeto o Sebrae, o IPHAN e o Ministério do Desenvolvimento Agrário, por meio do projeto Talentos do Brasil Rural Contemporâneo.

Projeto Vitrines Culturais
Data: 12 de junho a 13 de julho de 2014
Inscrições até 06 de abril pelo sistemas.cultura.gov.br/propostaweb
Informações: vitrinesculturais2014@cultura.gov.br

diversidade brasileira

IV Bienal Brasileira de Design

de 19 de setembro, e segue até 31 de outubro, em Belo Horizonte, se realiza a IV Bienal Brasileira de Design. Com curadoria geral de Maria Helena Estrada.

O tema , o evento tem como tema “Diversidade brasileira” é o tema da IV edição e como atração principal a exposição “Da mão à máquina“, que pretende, a partir de uma vocação do país para o artesanato, seguir da cultura popular aos produtos em que o profissional aplica uma linguagem contemporânea, buscando conectar o produto global à cultura local.

Outras mostras, da bienal são “Design de carros no Brasil: Rupturas e inovações“, “1 pessoa, 10 cadeiras“, “Jovens designers” e “Open School”, dos cursos de design mineiros.

A Bienal propõe também ações educativas, de negócios e outras, procurando envolver toda a cidade na discussão do design.

site da bienal

christian nos recebeu cheio de personalidade expressa em livros, artesanatos e desenhos do filho espalhados pela casa. foi possível conhecer um pouco da família antes mesmo de conhecê-los. a conversa fluiu com certo sotaque, mais o recado ficou claro: o nós resolvemos o problema o a natureza resolve. Entre conflitos e confusões típicos do momento que vivemos, fiquei impressionada com a simplicidade e cortesia com as quais olha o mundo, sua profissão e sua família

assim foi a conversa com a Revista Habitare, que nos visitou e fez uma muito boa matéria, muito obrigado para a Fabiana Santa e Tiana Ribeiro

matéria completa