Skip navigation

Tag Archives: Economia Criativa

DESIGN COMO INTERFACE CULTURAL

Sociedade, economia criativa e design construindo novos modelos de negócios inclusivos

Imagem

A economia criativa é um conceito amplamente discutido no momento, que favorece a integração social aos negócios, onde se geram oportunidades de interação do homem com o produto/serviço. Segundo a Secretaria da Economia Criativa do Ministério da Cultura, está fundamentada em quatro princípios – 

Diversidade cultural , Sustentabilidade, Inovação e Inclusão Social.

O design dentro desse potencial, assume o papel de ferramenta dinâmica para a mudança social, e não pode ser pensado de forma isolada do contexto: social, ambiental, cultural e econômico, O desafio é pensar novas oportunidades de negócios, mais sustentáveis, mais inclusivos, a partir das novas ferramentas de inovação e gestão ,desenvolvendo as pessoas e a cultura.

Este workshop é um espaço de criação, discussão e ação para todos aqueles que estão interessados em desenvolver CULTURA e mergulhar no universo do design, inovação e progresso social sustentável.

OBJETIVO

Apresentar e desenvolver junto aos participantes do setor governo, corporativo, ongs e empreendedores, uma visão inovadora e estratégica de responsabilidade com as questões ambientais, sociais e culturais para novos modelos de negócios inclusivos

 PUBLICO

Workshop dirigido para os criativos e empreendedores de todas as áreas de design, arquitetura e responsáveis por responsabilidade social coorporativa e funcionários públicos das áreas sociais e desenvolvimento local; para discutir, questionar, projetar, ajustar, testar e prototipar a nova geração de projetos e produtos de maior valor social e mais sustentáveis

LOCAL e DATA

O workshop será realizado o dia sexta feira 06 de junho das 9:00 às 17:00. No HUB IMPACT, rua Comendador Macedo, 233 – Curitiba

MAIORES INFORMAÇÕES

www.designaovivo.com.br

contato@designaovivo.com.br

Anúncios

O Condomínio Conjunto Nacional, um dos endereços mais conhecidos entre os localizados na Avenida Paulista, em São Paulo, passa a abrigar um ponto fixo do ‘Espaço Criativo’, destinado à exposição e venda de produtos feitos por artesãos, que combinam sustentabilidade e arte. Iniciativa capitaneada pelo Núcleo de Economia Criativa da Associação Paulista Viva (NEC-APV), o Espaço Criativo está com nova instalação, que ficará até o próximo dia 10 de novembro no Conjunto Nacional. Ali, o público encontrará produtos diferenciados de decoração que combinam sustentabilidade e arte e são confeccionados por artesãos de várias entidades sociais da Grande São Paulo.

Dez instituições que integram o NEC vão se revezar nesse ponto. Inicia-se com a SUTACO (Superintendência do Trabalho Artesanal nas Comunidades/PMSP), cuja venda de produtos vai até o próximo domingo (8). Em seguida, entram CRATOD – Centro de Referência de Álcool, Tabaco e outras Drogas; CAJEC – Casa José Eduardo Cavichio; NOVOLHAR; HISTORIARTE; MERCOSOL; ECOTECE; LOJA SOCIAL; CAPS ITAPEVA (Centro de Atenção Psicossocial); e, por último, MOVE.

O ponto fixo é uma nova experiência do Núcleo de Economia Criativa da APV, que está completando um ano de trabalho. O objetivo é fortalecer o ‘Espaço Criativo’ para que, futuramente, seu conceito possa se estender por outros pontos da Avenida Paulista. Em parceria com a IDEA/Brasil, está sendo desenvolvida uma identidade visual da marca. Atualmente, o ‘Espaço Criativo’ realiza quatro edições especiais – Dia das Mães, Dia Mundial do Meio Ambiente, Dia dos Pais e Natal.

Matéria completa

O Design na Brasa está em sua 12a edição. Comemoramos 12 anos de um trabalho importante para a sociedade, levando informações, propondo mudanças, ensinando e educando os participantes para um futuro melhor, mais consciente de nossos deveres para com o nosso meio, a nossa cidade, nossa sociedade.

TEMA DESTE ANO: REGULAMENTEM O DESIGNER JÁ!

OBJETIVO:  Aprofundar a discussão em torno do design. Assuntos como a regulamentação, a sustentabilidade e a economia criativa são uns dos esforços em que temos trabalhado.
Hoje temos vários parceiros em esferas diferentes da sociedade, ongs, profissionais sustentáveis ligados ao design, pequenos artesãos, estudantes, comunidades, instituições de ensino, catedráticos e estudiosos, representantes do poder público, associações, indústrias e empresas.

Programação

DATA:  24 de novembro de 2012 (Sábado)

HORARIO:  das 09:00 as 19:00 (Credenciamento exclusivamente as 9:00)

LOCAL:  Biblioteca do Memorial da América Latina, São Paulo – SP

O QUE TERÁ : 5 mesas com variados temas sobre design para discussões com 2 ou 3  palestrantes e 1 moderador cada. 15 minutos para cada palestra e mais 10 minutos para perguntas.

2ª Jornada de Design

Design & Negócios

Tendências para o Setor Moveleiro (Jornadas de Design Sebrae)

O Grande ABC e a Região Metropolitana de São Paulo reúnem aproximadamente três mil empresas produtoras de móveis que empregam cerca de 15 mil pessoas. Com o objetivo de contribuir para a inovação e desenvolvimento desses negócios, o Sebrae promove, em parceria com o IED São Paulo, a 2a Jornada de Design. O evento discute tendências no setor de móveis com especialistas da área e incentiva a inovação a partir do Design. A iniciativa se articula com o PMC (Programa de Melhoria da Competitividade) no ano em que o Sebrae comemora seus 40 anos.

Programação:

1. Abertura – Mendes

2. Objetivo do PMC Móveis RMSP – Charles Acacio Carvalho

3. Apresentação do SENAI ITATIBA – Raquel Gomes dos Santos

4. O Design e as Tendências no Segmento de Móveis e Interiores – Mauricio Medeiros, ABEST Associação Brasileira de Estilistas

. Sob que ótica os profissionais (designers, arquitetos, empresários, lojistas) devem se concentrar para as futuras demandas do mercado e o perfil dos novos consumidores . Qual vai ser o estilo . O que o mercado vai demandar.

5. O Design como ponto de referência para o desenvolvimento de produtos – Marcos Batista

. O Design, a pesquisa, a Criação. Como o consumidor é atraído e passa a perceber a existência e a importância do design em suas decisões de compra.

6. Design de Mobiliário para a nova classe media – Christian Ullmann

. Como a nova classe média (C) começa a exigir a presença do design em suas escolhas.

7. Design Thinking / Economia Criativa – Ary Scapin Jr

8. Debate ( sobre os temas apresentados ) aberto aos participantes

9. Encerramento – Charles Acácio Carvalho

Quinta feira 23 das 9h:30 às 12h

Sede do IED São Paulo – Auditório

Rua Maranhao, 617 – Consolação – São Paulo

www.ied.edu.br

Gratuito. Para convidados, com vagas para interessados

Inscrições: (11) 4990 1911 ou luizamn@sebraesp.com.br

Apoio: Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia do Estado de São Paulo, Fiesp, Sindimov (Sindicato da Indústria do Mobiliário de São Paulo), Simabc (Sindicato da Indústria de Móveis do ABC) e APL Movelaria Paulista (Arranjo Produtivo Local Movelaria Paulista).